quarta-feira, 28 de agosto de 2013

PROFESSOR PARNAMIRINENSE DEFENDE O RETORNO DA MONARQUIA


Professor Rodrigo Cavalcanti, ladeado por fotografia de Sua Majestade D. Pedro II

Em entrevista ao jornal Potiguar Notícias, o Professor de História da rede particular de Parnamirim, Rodrigo Cavalcanti falou sobre o movimento que apoia a volta da Monarquia Parlamentar Constitucional para a sociedade brasileira: Voluntários da Pátria. O movimento está inserido no Círculo Monárquico Brasileiro (CMB), que é uma associação nacional criada para manter as tradições e divulgar a monarquia. Segundo Rodrigo o grupo pretende articular as pessoas que consideram que a volta do sistema monárquico de governo para o Brasil é o melhor caminho. O Professor disse que a história republicana já tem 124 anos de fracassos e ao analisar o que aconteceu desde o golpe militar que retirou a Família Real do poder até ágora as consequências mais evidentes foram a corrupção e o voto de cabresto.

Apesar de o movimento estar crescendo, Rodrigo reconhece que muitas pessoas têm preconceito e não levam o assunto a sério. Por isso ele acredita que para adquirir o apoio dos brasileiros nesta causa a melhor – e única – estratégia é a educação. “Nós temos uma visão muito estereotipada da monarquia, mas nós, ao mesmo tempo, não paramos para pensar que, das dez maiores democracias do mundo, sete são monarquias parlamentares. Dos dez maiores IDH´s do mundo, seis são monarquias parlamentares”, defende o Professor.

Dessa maneira, estudar a História do país e respeitar suas tradições, seriam os caminhos para encontrar uma formação adequada. São raras as pessoas que estão satisfeitas com o sistema político presente, inclusive os protestos realizados recentemente no país validam a desaprovação popular. Na percepção de Rodrigo "as pessoas nãos sabem que há uma nova alternativa e garante que na monarquia o governo é pensado para as próximas gerações, diferente da república, que é pensada para as próximas eleições. A estabilidade política é a grande vantagem do sistema monárquico em relação ao republicano. A falta de um vínculo com um partido permite que o Imperador represente a população”, afirma Rodrigo.

A proposta do Círculo Monárquico Brasileiro é efetuar um plebiscito daqui alguns anos, com a população mais consciente do que é a monarquia e a república. Se houvesse um plebiscito hoje, o professor acredita que a monarquia perderia novamente (como em 1993), por isso defende a instrução dos brasileiros antes de um plebiscito.

Os Voluntários da Pátria estão organizando uma campanha, intitulada “Por um Brasil REAL” para realizar um protesto solidário, que acontecerá no próximo dia 07 de Setembro.
 Estão sendo arrecadados alimentos  e materiais de higiene em várias cidades do Brasil para o dia da doação para instituições carentes. Rodrigo Cavalcanti finaliza convidando os interessados no protesto solidário ou nos movimentos Voluntários da Pátria e Círculo Monárquico Brasileiro a ingressarem nos grupos de mesmo nome existentes no facebook.
Fonte: http://www.potiguarnoticias.com.br/